Subscribe:

segunda-feira, janeiro 20, 2014

A DOÇURA EM VERSOS

E por todo céu escrevi versos à ti

Desenhei corações em tinta guache
E enfeitei com as nossas datas
Com as nossas fotos.

Belisquei um pedaço de nuvem
E trouxe algodão doce pra ti
Não é rosa
Mas é doce
Doce que de tão doce
Quase elevou os níveis de açúcar no meu sangue à um estado diabético.

Estrelas...Espero que você não se importe
Mas roubei algumas estrelas do teu céu
E fiz um véu
Da lua fiz aliança
Pra gente se casar
Noivar
Namorar
Pra gente não perder a fé.

E por falar em fé
Traz o Zé
O padre da paróquia
O tio da padaria
E o motorista do ônibus
Traz seus amigos
E traz seu coração
A gente enfeita tudo, pode fazer uma festa
E depois inventar uma canção.

Uma canção de ninar
Pra nossa filha, quando ela chegar
Pra fazê-la sorrir
Pra fazer-te sorrir
Pra fazer-nos um só
Um sol
E nas tardes frias
A gente usa cachecol.

Cachecol com raios de sol
Pra aquecer-nos no frio
No vazio
E no medo
Pra fazer-juntos
Hoje de tarde
E amanhã cedo.

Vamos lembrar a todos do dia
Tragam vinho
Tragam amores antigos, amores atuais, amores jamais esquecidos, amores desfeitos, amores incompletos, concretos e aqueles que até atravessam desertos
Mas tragam amor
Com amor e vinho
A gente fica feliz
E pede bis
Pra ser feliz por essa vida e todas as outras
Pra ser feliz em toda a eternidade do ser.


-Tamires Alci

quinta-feira, novembro 07, 2013

INTELIGÊNCIA É SEXY

Inteligência é sexy.

Sabe que às vezes me perco nessa imensidão de facebook. Me perco nessa timeline que vai e vem o tempo todo. São várias atualizações, dos mais diversos assuntos: Amor (correspondido e não correspondido), decepções em geral, tristeza, informações, humor, amizade...Tudo e todos das mais variadas formas.

Porém, o que mais me incomoda é todo esse culto ao corpo. Toda essa ditadura da bunda grande, da perna malhada, da barriga sequinha...Eu tô farta disso! Farta!

Em cada cinco atualizações, uma, muito provavelmente é de alguém indo pra academia ou na academia seguido das hashtags: #NoPainNoGain #Malhar #Academia etc e tal.

Cada um tem sua vida e por isso posta no seu facebook o que quiser, tenho plena consciência disso. Porém, queria conscientizar aos pobres loucos que me leem que, o corpo não é tudo. Na verdade, o corpo é apenas a capa. Como um livro. Um livro pode ter a capa rasgada, uma orelha ou uma capa pouco atraente...Mas seu conteúdo pode ser absurdamente mais interessante que aquele livro estalando de tão novo.

Isso é um apelo. Um apelo às mulheres. Cuidem-se sim. Cuidem-se muito. Façam as unhas, os cabelos, usem maquiagem, façam dietas, academia o que quiserem para se sentir bem. Mas prestem atenção, para SE SENTIR BEM e não pra impressionar.

Ter um corpo bonito é legal sim, é muito bacana até. Mas ser inteligente é muito melhor. Saber manter uma conversa por mais de meia hora é excitante. Falar de história, economia e coisas à respeito do mundo te tornam muito mais sexy que um belo par de coxas. Ter um português bacana dá tanto tesão quanto uma punheta. Porque ninguém, NINGUÉM vive de sexo o tempo todo.

Vamos supor que você conquiste um cara pelos seus "atributos físicos", legal, vocês conversam, saem, se distraem e todas as noites acabam em sexo. WOW que maravilha hein! Você pensa: Nossa, ele tá gamadinho em mim. Ele nunca trocaria essa bunda maravilhosa por outra, muito menos esse par de coxas. Esses peitos lindos e durinhos...

Aí me vem a pergunta: E quando ele brochar? O que você vai fazer? Rebolar a bunda na pica dele? E se ainda assim não funcionar? Como faz?

É aí que entra a mulher inteligente. Ela vai trocar de assunto. Falar sobre o mundo, sobre um livro, um filme ou qualquer outra coisa que tenha lido ou visto no jornal...Coisa que você, gostosa, não teve tempo de fazer porque queimava suas calorias na academia e junto com elas, seus neurônios.

E quando vocês ficarem mais velhos?
Se não se tem assunto, conversa, vocês vão ser apenas dois velhos rabugentos que convivem infelizmente com a presença um do outro por puro comodismo.

É gostosa, parece que ser SÓ gostosa não é tão vantajoso assim, né? Aceitem: Toda mulher tem uma partezinha do corpo que seja flácida, uma celulite, uma estria, unhas quebradas, bunda não tão durinha, um peito maior que o outro...Isso é absolutamente normal. NORMAL E PERFEITO!

Em vez de passar o dia inteiro malhando o corpo todo pra tentar excluir os "defeitos", por quê você não os aceita e os "compensa" de uma outra forma?

Se você for parar pra pensar um pouco, a maioria das mulheres absurdamente sexy's que aparecem em filmes não tem músculos definidos e o corpo delas, quase nunca é explorado de forma vulgar. Pelo contrário, na maioria dos filmes que vi e que me lembro, as tais "sexy's" apareciam sempre com um vestido longo ou alguma roupa em que não aparecesse muito do corpo, apenas o suficiente para instigar, como um decote, uma fenda e claro, sempre acompanhadas de um batom vermelho!

Seres humanos tem defeitos. Todos nós temos e por mais que vivamos em função de buscar a perfeição, ela nunca será alcançada. Pois quando "aparentemente" a mesma for alcançada, suas definições de "perfeição" já terão mudado.

Em vez de tirar foto da bunda no espelho da academia, tire uma foto com seu livro favorito e nunca, nunca se esqueça: A única coisa que sai da bunda é MERDA!

-Tamires Alci

segunda-feira, outubro 07, 2013

LINDA MENINA

Era linda

Linda a menina
Recostada num pé não-sei-de-quê
Comia amoras e sujava seu vestido floral.

Florido era o campo em que estava a árvore
E cheio de frutos era o pé não-sei-de-quê
No qual estava recostada
Mas isso, isso de nada importava.

Linda
Linda era a menina
Que viajava em seus pensamentos
Em sua própria imensidão
Em seu universo, sua ilha particular
Que lhe tirava do recoste da árvore
E a fazia flutuar.

Flutuar num mar de amores
De sensações
De sabores
De um milhão de verões.

Verões e mares com gosto de mel
Um mel puro
Puro e fresco como o próprio céu.

Era linda
Linda a menina
Que nesse momento, admirava o pôr-do-sol
Que te tanto admirar
De tanto querer
Quase podia tocar
Mas lembrara de Ícaro e suas asas
Nesse momento, decidiu voltar.

Assistia o espetáculo
Como quem assiste "O Vento Levou"
Seus olhos brilhavam
Sua mente, novamente, voou.

E lá estava ela
A linda menina
Que comia amoras
Cheia de amores
Sujava o vestido sem perceber
Sem saber
Que seu amado
O mesmo pôr-do-sol
Estava a ver.

E sonhavam juntos
Os dois
Com as mesmas coisas
Sem ao menos, se conhecer.

Mas cá estou eu
A poetizar
O encontro de um casal
Que nem deveria se versar
Afinal, que sou eu
Para de amor falar?

(Tamires Alci)

quinta-feira, setembro 12, 2013

MAS QUE DISPARATE!

Mas que disparate!

Pense comigo, caro que me lê
Não é um disparate você ter um coração
E ele não te obedecer?

É muita rebeldia
E quase não consigo me conter
Quero é ficar com raiva
Quero é ficar de cara fechada
Mas quando vejo o teu sorriso
Ele cisma, bate o pé
E teima em não me obedecer.

Mas que disparate!
Esse coração
Parece até uma criança mimada
Que só aceita "sim"
E nunca "não".

Mas é mesmo um bobo
Que se encanta com sorriso
Com olhar
Se encanta com mãos entrelaçadas
Com teu jeito de falar
Esse jeito que é todo teu.

Mas que disparate!
Coração louco
Coração exagerado
Que só se satisfaz ao estar em teus braços
Que não entende as circunstâncias
E insiste em quê?
-Claro, teimar
Mesmo sabendo, que de nada vai adiantar.

Esse teu jeito conquista
Conquista meu coração doido
É uma mágica que só você tem
Que você sempre consegue me ganhar
E o coração, como fica?
Confuso, doido
Tão doido que não dá nem pra imaginar.

Mas que disparate!
Que disparate seu
De fazer esse meu coração de gato e sapato
E me seduzir só por esporte
Só pra não perder o costume
Disparate seu, do teu olhar, do teu perfume.

Mas que disparte!
Esse coração doido
Esse coração que de tão meu
É todo teu
E talvez por isso, seja confuso assim
Não sabe se habita em você
Ou habita em mim.

(Tamires Alci)

-Ouvindo Agora: Crazy - Aerosmith
  •