Subscribe:

segunda-feira, janeiro 24, 2011

1ª DO SINGULAR




Eu preciso, precisava, precisei
Eu que passava, que alegrava, mudei
Eu que falava, cantava, calei.

Eu que sou apenas mais uma mente demente
Não sei mais o que dizer...

Eu que apesar de tudo, estou viva
Vi, Vivi, viverei.

Não me tome de mim mesma
Seja eu mesma.

Não se importe com o almoço
O melhor é a sobremesa.

Eu, permaneço aqui
Sendo a primeira e a terceira do singular ao mesmo tempo
No amor/amar.

(Tamires Alci)

3 comentários:

Carla disse...

Ola querida Tamires, ai guria, me desculpa, andei um tempo um pouco mal com o blog e mal com o blog é mal com a vida, rsrsrs. Bem feito, quem manda a gente escrever o que sente na web. Seu blog está lindo!!!! E escrevendo como sempre, cada vez melhor.
A minha inspiração se perdeu de mim. Mas ela volta. Obrigada por não ter me abandonado no blog, rs, bjssssssssssssssssssss.

Francorebel disse...

"Não se importe com o almoço
O melhor é a sobremesa."

Genial.

Você tem umas frases cobertas da mais pura e simples genialidade.

Karla Hack dos Santos disse...

Genial!
adorei a brincadeira com a cojugação!
Deu graça aos seus versos...

Belo e criativo!

;D

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •