Subscribe:

sábado, janeiro 29, 2011

UMA PEQUENA METÁFORA SOBRE A PRAIA



Caminhando pela praia
Vou deixando meus passos na areia
Algumas vezes estive só
Algumas vezes sentei e fiquei a sentir a brisa do mar.

As ondas geram um som inconfundível e admirável
E quando a noite cai
Sinto que realmente, posso viver no escuro
Até que o dia amanheça
Sem medo, sem erro, sem dano, sem perda.

As horas passam
Os dias passam
Os meses passam
Passam os anos...Só não passa tudo o que cativei aqui, na praia.

Ainda me encanto com o pôr-do-sol de uma tarde de verão
Com as chuvas tempestivas, com o saber ou não.

De tudo me desfaço, me disfarço
Me refaço, em mil faces a me procurar.

Caminhando pela praia, pela ilha
A ilha que sou
A praia que um dia serei.

Deixe que o tempo faça o que é necessário
Deixe-o apagar algumas lembranças
E tornar-te ainda mais forte.

(Tamires Alci)


Ouvindo agoraDrugs Don't Work - The Verve


3 comentários:

Leandro Danúbio disse...

Eu moro no Ceará aqui existe muitas praias, sempre que vou pra ela... Eu me refaço e nasce um novo eu que o infinito mar...

O Texto é ótimo gostei muito...

G7 Notícias: http://g7ceara.blogspot.com

pisovelho.com.br disse...

Obrigado pela sua visita...

Seu poema é suave como a brisa do mar... parabéns.

Um ótimo fim de semana para ti. Bjs... :)

Arnoldo Pimentel disse...

Sua ilha é um pedaço de você e a praia são seus olhos voltados para o mar do seu interior.Lindo poema, beijos.

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •