Subscribe:

sexta-feira, fevereiro 04, 2011

ME PERDI


De pouco em pouco me perdi...
Me perdi naqueles olhos que sempre estavam ali a me observar
Me perdi naquelas palavras a me acalantar
Me perdi naqueles braços a me abraçar
No que me perdi, aprendi verdadeiramente a te amar.

É bom saber que você está aqui, comigo
Segurando minhas mãos
Se fazendo meu abrigo.

Quando nossos olhares se encontram
É impossível, com palavras, eu aqui descrever
Esse sentimento que tenho por ti
Vê-lo cada dia mais, crescer.

Minutos parecem horas
Horas parecem dias
Que por si só, parecem anos longe de ti
Espero-te ansiosamente chegar.

Tu que sempre ouves minhas palavras
Que realizas meus sonhos
E que acredita que minhas loucuras podem ser reais
É por isso que te quero perto, bem perto...Cada vez mais.

Não atrevo-me a dizer que te amo
Se o que sei é que realmente te amo
E para o amor, não há palavras
Não há verbo
Não há frase ou língua humana que possa descrevê-lo
Porque algo divino, nós meros mortais nunca vamos conseguir compreender
Por isso sinto...Apenas sinto
Deixando o amor acontecer.

(Tamires Alci)

•Ouvindo agora: La Solitudine - Renato Russo

2 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Oi Tamires, lindo poema. O amor é mesmo sentir, querer perto, mas é importante confiar no seu coração, e dizer "eu te amo" é sempre importante.Tem selos no meu blog pra você, passe lá e pegue.Desejo-lhe um lindo domingo.Beijos.

http://ventosnaprimavera.blogspot.com

negaoandy disse...

Ola Tamirez lindo poema vc conseguiu realmente expressar parte do verdadeiro sentimento chamado amor bjs anjinho e que sua inspiração sempre esteja assim a todo vapor!

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •