Subscribe:

quarta-feira, abril 13, 2011

ESTRELAS - ALGODÃO DOCE

Mas isso tudo é tão certo 
Quanto o incerto infinito de meus versos.


Mas isso tudo é tão real
Quanto a surrealidade dos meus pensamentos.


E isso tudo é tão meu...
É tão meu
E eu sou tão egoísta
Ego-ísta.


Eu não sei descrever
Eu não sei escrever
Eu não sei o que há nas entrelinhas
Eu não sei o que há nem mesmo nas próprias linhas.


De finito, por enquanto é só isso
Não é engraçado como as estrelas às vezes se parecem tanto com algodão doce?


(Tamires Alci)


•Ouvindo Agora: Another Brick In The Wall (Part I, II, III) - Pink Floyd

5 comentários:

Rubi disse...

Eu não sei o que me encanta mais no teu blog, se são as poesias, as imagens, o visual, ou o conjunto!

Parabéns pela poesia.

Camila F. disse...

adorei seu poema!!!
eu amo ler e escrever poemas!!
eu tinha um blog de poemas que tava bonbando mas tive que deletar por problemas com pessoas para quem eu tinha escrito poemas e postado acreditas... mas ponts... bjs e parabens

Arnoldo Pimentel disse...

Gostei tanto do final com algodão doce, parabéns Tamires, bom dia pra você, beijos

Amandah Caparelli disse...

Muito bom!
Parabéns.

Paulinho disse...

parabens vc escreve muito continue vc tem talento menina

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •