Subscribe:

terça-feira, junho 28, 2011

MEU TRAVESSO MENINO CHAMADO DESTINO

Se eu pudesse
E se eu pudesse
Ler o livro da minha vida
Ou o que muitos chamam de destino
Não seria esse menino franzino
Que duvida que a vida possa mudar.


Também não seria menina
Distinta e de família
Seria do meu próprio eu
Que seduz com um olhar, dançarina.


Não sei se mudaria o meu final
Mas mudaria meus meios
E minhas justificativas
Andaria de avião
Pararia andando
Voando na minha locomotiva.


E se eu pudesse...
Ahhh se eu pudesse...


Não suspiraria pelo meu destino
Esse travesso menino
Que se pôs no meu caminho
E às vezes faz as coisas como bem quer.


(Tamires Alci)


•Ouvindo Agora: Te olho nos olhos/É isso aí - Ana Carolina

6 comentários:

Juliane Bastos disse...

Admirável a forma com que as palavras se encaixaram. Parabéns, amei o blog, irei seguir. *-*

Urbano disse...

Bacana Tamires. Confesso não ser tão fã de poesia, mas fiquei feliz de não ler nada "bobinho". Abs!

Francorebel disse...

É esse travesso bacuri.


Que nóis faiz.

Arnoldo Pimentel disse...

Nós mesmos não sabemos onde começa ou termina esse nosso livro chamado "Destino". Beijos

Barbara Nonato disse...

Como eu também queria ler esse livro e conseguir ser mais que aquilo que ele me mostra...

Lindo!

Nua. disse...

Não acredito muito nesse travesso menino, mas leio muito o que traço, o que escrevo...

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •