Subscribe:

terça-feira, julho 05, 2011

PALAVRAS ALEATÓRIAS

Um armário, um espelho 
Um ventilador, um violão
Uma cama bagunçada
E alguém que escreve essa porção de palavras desarrumadas.


Pode parecer poético
Ou emblemático
Poemático
Problemático
Isso mesmo...PRO-BLE-MÁ-TI-CO.


Uma dose de palavras aleatórias
Umas linhas de whisky sem gelo
Tô desencontrada
Na madrugada
E dopada
Dopa-mina
Mina dopada --Eu.


É, não sei porquê me sinto assim
Eu só sei que sinto e é esse o meu desejo, sim.


O barulho do ventilador encanta
O violão hipnotiza
As roupas jogadas no chão
E os versos da poetiza.


Prefiro canetas de tinta azul
Feito o infinito do céu.


(Tamires Alci)


•Ouvindo Agora: Behind Blue Eyes - Limp Bizkit

6 comentários:

diogo disse...

a estrutura me lembrou aguas de março, por causa das palavras aleatorias

Garotas do Século disse...

adorei o blog, parabéns!

Rubi disse...

E este finalzinho?
Tão lindo.

Você brinca com as palavras e nos presenteia com ótimas poesias.

Christian Paz disse...

;)

Francorebel disse...

Delírios, aluninações, dor, sofrimento, angústias, porres... poesia...

www.Mundodse.com disse...

Complexas palavras, que fazem viajar num mar de pensamentos, loucos e reflexivos. ;p

Abrçs.,

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •