Subscribe:

quinta-feira, setembro 15, 2011

ANDANDO NA CHUVA

O casaco não espanta o frio

Muito menos as luvas
Tão finas
Tão refinadas
Rendadas...


A calça rasgada remete a rebeldia
A mesma presente nos olhos demarcados
Na boca vermelha
Na atitude
No botton da bolsa.


Vou tentando chegar sem correr
Já ouviram dizer que quando a gente corre na chuva se molha mais do que se estivesse andando?
Bom, eu não ficaria nesse dilema se tivesse trago um guarda chuva
Mas hoje de manhã o dia estava tão bonito
Em 2 horas tudo mudou
O clima
O humor
O amor
E o gosto da chuva.


Acho que não chega a ser uma indireta
Nem uma direta
Acho mesmo que não seja nem algo de valor
São só os versos cantados na cabeça de alguém que gosta de andar na chuva
Enquanto o mundo se esconde.


(Tamires Alci)


•Ouvindo Agora: Raindrops Keep Falling On My Head - B.J Thomas ♫♪

7 comentários:

Heitor Evo disse...

pode ser uma indireta qndo a carapuça serve na pessoa né rs
e as vezes ela nem isso nota

Heitor Evo disse...

obrigado pela comentario no post da 1ª convenção aqui da região

a mainiaturas sempre são cativantes né, é até estranho alguem mesmo q num colecione odia-las

Matheuslaville disse...

Muito bom.... Belo texto....

Lucas Adonai disse...

Muito legal ;D

Filipe Dias disse...

Hoje achuva inspirou muitas pessoas, terceiro poema que leio sobre a chuva

muito bom este gostei

http://estagiariosdesocrates.blogspot.com/

Francorebel disse...

Sonhos Molhados.

Dheysse Depp disse...

Adoreeeeei!
Bélissimo texto!
Fã de seu Blogger viu!
:)
"Mas hoje de manhã o dia estava tão bonito
Em 2 horas tudo mudou
O clima
O humor
O amor
E o gosto da chuva"

(Tamires Alci)

Perfeito! Beijos!

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •