Subscribe:

domingo, março 04, 2012

POR TI E PARA TI

As nuvens que vagam
Por entre céus, montanhas e pensamentos
Por entre jardins e edifícios
Carregam minha alma pra longe
Pra junto delas
Pra junto de ti.

Pra que mais perto eu possa estar
Mesmo sem poder te tocar
Mesmo sem te sentir
Mesmo sem te ver sorrir.

E dos poemas que escrevi
Nada vai sobrar
Nem as letras, nem o papel
Que com o tempo se desbotará
Nem a tinta, nem o pincel
Que também com o tempo desfazer-se-á.

Só não serão desfeitas nem com a chuva, nem com sol
As promessas que te fiz
O amor que te jurei
Tudo que você me diz
E os momentos que contigo passei.

A vida é curta
E nela tudo se vai
As pessoas, os lugares, o tempo
Só existem lembranças e sentimentos
Que serão eternizados
Do amor que sentimos
E da forma que fomos amados.

(Tamires Alci)

0 comentários:

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •