Subscribe:

sábado, julho 28, 2012

MATEI

"Quando ela cai no sofá

So far away
Vinho à beça na cabeça
Eu que sei.."




Porque você não diz logo
Fica fazendo cara de mistério
Esse teu sorriso
Esse teu olhar
Me tiram do sério.


Porque você tá sempre comigo, 
Até mesmo quando não está?
Eu não entendo isso
O que acontece comigo
A maneira como me faz sonhar.


E eu me perco nas minhas linhas
Nas minhas letras
Nas cartas que secretamente escrevo pra ti
Nas cartas que me fazes ler pelo telefone
Nas madrugadas que fico aqui quase louca de saudade, insone.


E as músicas que são cantadas aos gritos por outros
Você canta quase silenciosamente pra mim
Um mexer de boca, afinal eu também sei a letra
Mas você faz pra eu saber
Que toda vez que escuta uma dessas
Lembra de mim e começa a se perder...Em pensamentos....Tanto quanto eu.


E agora ainda mais
Pensa no nós
Nós à sós...
Deixa eu parar por aqui que a próxima rima me lembra cama...Ok.


E dos seus abraços
Eu não sei nem dizer
E tudo que eu quero
Nesse exato momento
É você....Só você
Mais ninguém
Mais nada.


E vou me encerrar por aqui
Enquanto essa música me mata aos pouquinhos
Me iludindo feito vadias de farol
Músicas perdidas no escuro
Um beijo com gosto de bala
No meu cabelo, um girassol.


(Tamires Alci)


•Ouvindo Agora: Por Que Não Eu? - Leoni e Herbert Vianna

3 comentários:

Francorebel disse...

Escrita largada bêbada
Fumada
Cheirada
Machucada...

Quem decifrará este código
Para mim
Assim
Em mim?

Rad Freire disse...

Show de bola! parabéns.

Arash Gitzcam disse...

"E as músicas que são cantadas aos gritos por outros
Você canta quase silenciosamente pra mim
Um mexer de boca, afinal eu também sei a letra"
excelente trecho

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •