Subscribe:

sábado, julho 07, 2012

TALVEZ

Talvez eu tenha me decepcionado tão inúmeras vezes
Que eu tenha medo de tentar
Entenda.


Talvez eu tenha me atirado várias vezes
Quando não haviam mãos para me segurar
Acalma-te.


Talvez eu tenha dito mais do que eu devia dizer
Talvez eu tenha feito mais do que eu podia fazer
Mas eu nunca me arrependi
Apenas errei, como todo mundo
Dê-me o direito.


Eu sorri quando queria chorar
Só pra ser forte mais uma vez
Só pra me segurar
Eu nunca precisei mostrar à ninguém as minhas fraquezas
Mas eu tive a quem mostrar
E mostrei
Quando devia calar
Quando mais uma vez, devia ter deixado passar.


Eu não sou ninguém importante
Muito menos o quero ser
Eu sei lá quem eu sou
Nem quero saber.


Faço rimas  da minha vida
Não que fosse importante dizer
Acho que você já percebeu
Me perco nos meus personagens
No quadriculado do meu tabuleiro de xadrez
Quem diga eu
Não, não...Digam vocês.


Eu não tenho muito o que dizer
Nem o que fazer mesmo
Vamos passear por ai
Vamos nos perder a esmo.


(Tamires Alci)


•Ouvindo Agora: Wonderwall - Oasis

2 comentários:

Francorebel disse...

Amanhã vou me perder na praia.
Sozinho não.
Viajar em alguém.

Bj!

Monique Premazzi disse...

Quando nos decepcionamos tantas vezes acabamos nos fechado para novas oportunidades por puro medo de chorar novamente, de ter que juntar os pedaços do coração de novo e esperar tanto tempo para sorrir de verdade novamente. Mas, eu sou uma pessoa que acredita no amar sem mais, posso me machucar milhares de vezes que sempre vou estar disposta a encarar uma nova história, mesmo que eu evite de início me envolver. Acho que para os eternos corações apaixonados, sempre há um jeito de dar uma nova chance. Amei demais o post :D

Beijos,
Monique <3

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •