Subscribe:

sexta-feira, agosto 31, 2012

JÚLIA

-Então, vamos tentar.

Júlia se sentiu um pouco deprimida 
Sentou-se à mesa e chorou
Chorou como quem chora por toda a vida
Ela não tinha um motivo real pra isso
Nem tampouco surreal
Ela apenas sentiu-se assim
E escreveu algo:

"Digam à todos que estou de passagem
Passagem de ida, sem volta
Digam à todos que os olhares se perderam entre as pernas
As pernas da moça que passou
Mas nem era de verdade as pernas dela
Usava meia calça.

A alça da bolsa insistia em correr pelos meus braços
Era rosa morfética e pendiam dela alguns laços
Eu não me importo
Tava mais suja que pau de galinheiro
Não por fora...Por dentro mesmo
Mas não é algo que se deva dizer
Nem é algo que alguém faça questão de entender.

Eu vou viajar
Não importa bem pra onde
Que seja pra qualquer lugar
Nem sei se volto
Nem sei se um dia desejarei voltar.
Meu nome é Júlia, Ana, Anísia...
Qualquer nome
Não me importo
Você já se esqueceu de me chamar."

(Tamires Alci)

•Ouvindo Agora: If You Don't Know Me By Now - Simply Red



3 comentários:

Francorebel disse...

Eu precisava ler isso hoje.

Muito obrigado mesmo.

Franco.

Maísa Guimarães disse...

Que inteligente, amei de verdade ! . oii? kk te encontrei no Pensamentos em palavras da Ariana , hehe , passa no meu blog , ta passando por modificações sobre os temas abordados por la.. espero que goste assim cmo gostei daqui ;*

Andressinha *_* disse...

Adorei o seu blog e o post é muito bonito!
estou te seguindo (se puder segue de volta?)
obrigada.

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •