Subscribe:

sexta-feira, outubro 26, 2012

FIM DE MÊS

Um dedo de café
Doce, bem doce
Enquanto assisto a novela das seis
Acabou o dinheiro e ainda nem chegou o fim do mês
Ando preocupada
Contando os passos pra distrair a mente
Escrevendo versos pra parecer inteligente.

Ventos quentes
Horário de verão
Pelo menos isso ajuda
A ilusão de que o tempo está passando mais rápido
Mas ao mesmo tempo
Paro, penso
Pra que estou correndo?
Pra onde estou correndo?
Na direção dos ponteiros do relógio
De pulso, de bolso
Na bolsa, a carteira...Sem dinheiro
Ainda meio de mês
Acho que vou penhorar a pulseira que ganhei do meu tio holandês.

Eu vou atravessando a cidade
À fim de chegar em casa
De passos curtos e olhos quase cegos
Meu para-brisa está todo chuviscado
As gotas vão descendo minha bochecha
Parece que estou chorando, sem chorar.

Abro a porta
Olho o calendário que fica na parede, ao lado do fogão
Dia 27
27 de ouros
Valete de paus.

(Tamires Alci)

•Ouvindo Agora: Grenade - Bruno Mars




1 comentários:

B. disse...

Gostei das rimas, de forma diferente. E ah adoro esta música que estava ouvindo.

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •