Subscribe:

terça-feira, agosto 13, 2013

O QUE É AMOR?

E é por amor 

E pelo amor que tudo faz sentido.

É o cheiro do outro
É o abraço
É a falta que faz.

Amor é o céu azul
A areia
E o mar
Amor é toda vida dentro do oceano 
Da terra
Do universo
Amor é a vida
A vida num verso 
E todos os seus reversos.

Amor é a música que toca no rádio
É os acordes no violão
E é em sí, seu próprio violão
Suas cordas
Seu acústico
Sua imensidão.

Amor é calor
Calor que transborda até mesmo no frio
Calor que que preenche vazios
Que preenche ambiente
Que preenche espaço
Que, às vezes, de tanto preencher
Preenche um outro ser
E nova vida se forma
Não te disse que amor era vida, hein?

Amor é lente
Lente de óculos
De binóculos
De Câmera.

Da câmera que capta sorrisos
Que capta lugares
Que capta sentimentos
Que no fim de tudo, capta a mesma coisa
O amor
Em todas as suas formas
Mesmo que disformes algumas vezes
Mesmo que irreconhecível
Mesmo que disfarçado.

Amor é o frasco de perfume na penteadeira
Os sapatos, lado a lado
Os livros na prateleira.

Amor são os filmes na estante
É o meu universo
O nosso universo
É depois e, ao mesmo tempo, é antes.

Amor?
Amor é fim de tarde
É cafuné
Amor que é amor
Faz até cosquinha no pé.

Amor é abraço
É laço que não se desmancha
Que não se desfaz.

Amor é poesia
É verso escrito de caneta
É rasura, é sublinhado e é negrito
Amor é verso sim
E olha que é verso bonito.

É verso que enche os olhos
Que inspira
E transborda o coração
Amor preenche folha
Em forma de carta, de poema, de canção.

Amor é verso
Verso inverso
Do que às vezes se pensa ser
Mas no fim de tudo
Verso de universo é mesmo amor
Sem tirar
Nem pôr.

(Tamires Alci)



Ps. Abaixo um vídeo que fiz, em homenagem à um ano de namoro com o meu amor. Marcos, te amo muito <3


3 comentários:

Samuel Avner disse...

Amor é uma palavra
Que não existe por si só
Um conceito que criamos
E talvez seja por isso
Que tanto, tanto amamos

Adorei teu poema, deu pra sentir teu sentimento daqui de Cuiabá!

PS: Sr. Marcos, leve inveja do senhor, leve! :)

B. disse...

Lindos versos, cheios de inspiração e romance!

Samuel Avner disse...

É com prazer que volto aqui pra lhe falar sobre um selo que ganhei e que gostaria de passa-lo para a senhorita! Teu blog é sempre interessantíssimo e achei muito justo escolher teu blog como um dos que iria passar o selo! Confere lá no blog!

http://rabiscosderealidade.blogspot.com.br/2013/08/bom-preciso-confessar-que-sou-um-pouco.html

Postar um comentário

•Expresse sua opinião de forma coerente
•Respeite os outros leitores
•Nada de palavrões
•Sem ofensas
•Evite escrever com o CAPS LOCK ligado
•Evitexx excrever axim também (Obrigada)
•Volte Sempre! :)

  •